As Euribor continuam em queda, pela 37ª sessão consecutiva, estabelecendo sucessivos mínimos, dia após dia.

A taxa a seis meses, a mais usada em Portugal como indexante dos contratos de crédito à habitação, recuou para 1,149% e a taxa a três meses está, pela primeira vez, abaixo dos 0,9%, ao ter descido para 0,899%.

Nota ainda para a taxa a 12 meses, que se situa esta quinta-feira nos 1,364%.

A contribuir para a contínua descida estão as expectativas dos especialistas de que o Banco Central Europeu (BCE) mantenha o preço do dinheiro em 1% até ao final do ano.

A tendência de queda, que reflecte também os elevados níveis de empréstimos cedidos pelo BCE às instituições financeiras, está no entanto a abrandar.
Redação / PGM