O défice público médio nos 27 disparou até 2% do PIB, contra os 0,6% registados em 2007, apesar das ajudas à banca terem apenas afectado o nível de dívida.

Os dados revelados esta quinta-feira pelo Eurostat revelam que as intervenções públicas na banca provocaram um desequilíbrio de 3.310 milhões de euros nas contas dos países da zona euro, ou seja, menos de 0,1% do PIB.
Redação / DC