Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em declarações na flash interview da Sport TV após o triunfo sobre o V. Guimarães por 3-0: 

«Dar os parabéns ao Vitória, que fez um excelente jogo, dentro do que eram as dificuldades de ficar com menos um jogador no início.

Fizemos um golo e pensávamos que as coisas seriam mais fáceis. E no futebol tornam difíceis quando deixamos de fazer o nosso trabalho: falo defensivamente, porque está tudo associaddo. Na dinâmica ofensiva fomos previsíveis na utilização da largura. De certa forma não provocámos alguma indefinição na últma linha do Vitória.

Fomos para o intervalo com um resultado que se ajusta. Tivemos mais uma ou outra situação e o Vitória também.

Na segunda parte sentimos que devíamos provocar mais o Vitória no último terço. O Vitória teve o espírito fantástico de nunca baixar os braços.

Na minha opinião foi um resultado algo exagerado para o que se passou em campo.

Desde o tempo do Estoril que encontro as equipas do Ivo [Vieira] e é desta forma [que se apresentam]. Sabemos como desmontá-las e estávamos precavidos, mas hoje não foi o caso. (...) Devíamos ter feito mais na nossa organização defensiva.»

[Entrada de Otávio importante?]

«A entrada do Otávio foi importante, a do Mbemba também e a do Tiquinho. Isso é bem demonstrativo do espírito que há aqui e da vontade de toda a gente em dar o contributo à equipa.»

[Sobre a pausa para as seleções]

«Os jogadores que vão para as seleções... não podemos contar com eles, infelizmente, mas ficam cá os outros e podemos observar jovens da equipa B.»