Quase quatro anos depois, Bruno Paixão volta a arbitrar um jogo do FC Porto, amanhã, na Madeira, frente ao União. Mas a eventual polémica do passado não preocupa Julen Lopetegui.

«Se me preocupa Bruno Paixão? Não estava nessa altura. Mas estou convicto de que os erros, se existiriam, são humanos. Acredito no profissionalismo do Bruno Paixão e de todos os outros árbitros. Se assim não fosse, eu não estaria aqui», defendeu o técnico espanhol do FC Porto na conferência de imprensa de antevisão do jogo da 9.ª jornada da Liga.

Recorde-se que o árbitro sadino não apitava um jogo dos dragões desde 2011/12, quando o F. C. Porto perdeu fora com o Gil Vicente por 3-1 (na 17.ª jornada, a 29 de janeiro de 2012).
Sérgio Pires