Eleito jogador da Liga em 2019/20 e figura da equipa no ano anterior, Jesús Corona vive um período de menor fulgor no FC Porto. A poucos meses de terminar contrato com os dragões, o internacional mexicano soma apenas quatro jogos na presente temporada e não tem sido utilizado com regularidade. 

Sérgio Conceição recusou comentar as palavras do selecionador mexicano, mas acabou por reconheceu o momento menos bom do extremo de 28 anos. 

«Não me fica bem comentar as palavras de um colega de trabalho. O momento do Corona não é tão exeburante como foi noutros tempos. Tem que ver com vários factores. Chegou tarde, teve pouco tempo de férias e por isso, não tem jogado tanto. Tem aproveitado para descansar para depois entrar bem nos jogos. O sair ou não sair do FC Porto... Nunca olhei para os contratos os jogadores nem para a  durabilidade dos mesmos, mas sim para o rendimento deles», disse, na conferência de imprensa prévia ao jogo frente ao Sintrense, agendado para esta sexta-feira, às 18h45.

De resto, Tecatito é um dos quatro indisponíveis na equipa azul e branca para o jogo em Massamá.

Vítor Maia / Olival, Vila Nova de Gaia