Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em declarações depois da vitória sobre o Paços de Ferreira por 2-1:

«Saio satisfeito com a resposta. Fizemos um excelente jogo. Não é normal em mim chegar a empatar ao intervalo e estar de bem com a equipa. A fazer o que tinha sido pedido, qualidade na posse, mobilidade interessante. Era preciso dar outras coisas ao jogo. Não há castigos, por verem que mais de meia equipa saiu. Tem a ver com o jogo, a estratégia planeada. Sabíamos o que era preciso para este jogo e entraram os jogadores que eram os melhores para a partida. O Paços cria problemas na transição ofensiva e tem jogadores muito interessantes para isso.»

«Fizemos um jogo a roçar a perfeição. Estou satisfeito com esta atitude competitiva.»

[sobre as mensagens pós-Liverpool]

«Quando sinto que tenho de dizer algo mais forte, digo. Há coisas que vêm cá para fora, outras ficam lá dentro. O que me deixa feliz é que eles [jogadores] continuam a acreditar na mensagem e temos uma relação muito próxima. Funciono com eles como funciono com a família. Às vezes também digo coisas aos meus filhos, na rua, no restaurante. Também é bom para vocês (risos). Todos estamos dependentes de resultados.»

 

Pedro Jorge da Cunha / no Estádio do Dragão, Porto