São os primeiros imigrantes da caravana da América Central a alcançar a fronteira do México com os Estados Unidos. O grupo, de cerca de 400 pessoas, chegou esta terça-feira à cidade de Tijuana, o que levou os Estados Unidos a apertarem o controlo e a segurança da fronteira