Em Israel, já não é obrigatório usar máscara no exterior, medida inserida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de 2020, o Estado hebraico foi um dos primeiros países a impor o uso de máscara sanitária em locais públicos, mas a situação mudou nas últimas semanas graças a uma vasta campanha de vacinação que permitiu que as duas doses necessárias da vacina Pfizer/BioNTech fossem administradas a mais da metade (53%) dos seus 9,3 milhões de habitantes.