Com o fim do bloqueio à cidade de Wuhan, epicentro chinês da pandemia de Covid-19, milhares de pessoas que ficaram retidas com a paralisação dos transportes puderam finalmente regressar a casa