A figura do polícia sinaleiro regressou a Castelo Branco 27 anos depois para coordenar o trânsito, numa iniciativa que surpreendeu os mais novos e os mais velhos. De acordo com o subintendente Luís Soares, a ideia de reintroduzir o policia sinaleiro surgiu no Comando Territorial de Castelo Branco como forma de homenagear essa figura icónica e histórica da PSP e também todos os homens e mulheres que desempenharam essas funções