"Fotógrafo clandestino" cobriu um dos lados da gigantesca pirâmide de vidro com uma fotografia a preto e branco que mostra o prédio atrás do monumento, criando a ilusão de invisibilidade