Declarações do ministro da Cultura tornaram-se virais na internet