O movimento ambientalista Climáximo criticou hoje o que consideram um acordo “totalmente ineficaz” para travar o aquecimento global, com uma marcha fúnebre por Lisboa para fazer “o enterro" do acordo de Paris.