Protestos duram há cinco dias, depois de o Supremo ter condenado 12 políticos independentistas