Depois de as empresas Nike e EA Sports se terem pronunciado a propósito do caso de violação em que Cristiano Ronaldo está envolvido, manifestando preocupação, a Jeep, patrocinadora da Juventus, realizou uma campanha publicitária com jogadores do clube, em que o português não aparece