O regresso das chamas não tem dado descanso aos bombeiros um pouco por todo o país