João Pedro Feitosa. É este o nome do jovem brasileiro que morreu na segunda-feira durante os ensaios à vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford. Licenciou-se em Medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro, no ano passado, e, atualmente, trabalhava na linha da frente ao combate à covid-19 em dois hospitais.