Com entradas discretas, como se se tratassem de tocas de animais, os túneis usados pelo Estado Islâmico e agora revelados à medida que os jihadistas recuam no Iraque, mostram espaços em que um homem é capaz de circular de pé.