Mais de 300 emigrantes, que se queixam de ser lesados pela gestão do resolvido BES, em protesto na sede do Novo Banco, em Lisboa. Qeixam-se de dois produtos financeiros em que investiram mais de 140 milhões de euros e que ainda não têm solução.