Cancelamento de voos deixa 110.000 pessoas em terra