Elementos do movimento "A Pão e Água" participam na manifestação dos empresários da restauração, comércio, cultura, hotelaria, exigindo a adoção imediata do conjunto de medidas já apresentadas anteriormente, entre as quais a atribuição de apoios a fundo perdido, aos restaurantes, bares, discotecas, organizadores de eventos, músicos, atores, produtores, entre outros, em frente da Assembleia da República, em Lisboa.