Confrontos entre reclusos da prisão de Guayaquil fizeram mais de 100 mortos. Fora das instalações foram dezenas os familiares que se juntaram à procura de informações.