Tempestade chega ao estado norte-americano da Florida como a mais devastadora do ano. Furacão atingiu o nível 4, com a subida das águas do mar, ventos a soprar a mais de 200 km/h e o perigo de criar ciclones