Desde sábado que o fogo não dá paz aos bombeiros na serra de Monchique, no Algarve. Mais de 600 homens travam um combate desigual com as chamas. A noite de quinta-feira foi mais uma de um espetáculo infernal.