Animal ficou encalhado na margem do rio Coina e foi transportado até ao Barreiro, onde a profundidade do canal permitiu que saísse a nadar em direção ao estuário do Tejo