No sábado, um grupo de neonazi interrompeu uma parada de orgulho gay, em Detroit, nos EUA. Muitos fugiram do local a correr, temendo um tiroteio.