Pelo segundo fim de semana consecutivo, o movimento está nas ruas da capital francesa em protesto contra o aumento do imposto sobre combustíveis e ameaça bloquear as ruas