Esta é uma situação recorrente na região da Bretanha, no norte de França. Todos os anos várias associações ambientais alertam para o elevado nível de toxicidade presente nas algas das praias daquela zona, que acumulam lixo tóxico presente na água do mar. As centrais nucleares são parte do problema, com os resíduos radioativos a irem diretamente para o mar, onde depois são acumulados pelas algas, que libertam uma espécie de veneno que pode ser mortal.