Mais de 700 jovens estavam no internato no momento do ataque. Uma semana depois, mais de 100 permanecem desaparecidas