População de Manbij celebrou a liberdade reconquistada e a segurança do fim dos combates com abraços aos soldados das Forças Democráticas da Síria, que contaram com o apoio aéreo da aliança liderada pelos Estados Unidos