Polícia mexicana deteve e foi obrigada a libertar um dos filhos de El Chapo que terá assumido a liderança do cartel de Sinaloa, devido à resposta violenta da organização criminosa que deixou em estado de sítio a cidade de Culiacán.