O Supremo Tribunal dos Estados Unidos decidiu esta segunda-feira que uma lei histórica de direitos civis protege homossexuais e pessoas transgénero de discriminação no emprego, o que foi considerado uma “vitória retumbante” para os direitos LGBT.