O governador do estado norte-americano da Virgína declarou o estado de emergência em Charlottesville, este sábado, dia em que a cidade recebeu a maior manifestação da extrema-direita dos últimos anos nos Estados Unidos