Há 75 anos, durante a Segunda Guerra Mundial, um bombardeamento japonês matou 2.400 norte-americanos. O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, visitou o memorial criado de Arizona, em Pearl Harbor, no Havai, acompanhado por Barack Obama. Num momento único falou e abraçou três sobreviventes do incidente