Já começaram as obras de remoção do material combustível que reveste pelo menos 600 edifícios no Reino Unido e que originaram o incêndio na torre Grenfell