A Venezuela tem 19,8 milhões de inscritos nesta eleição. Maduro concordou em deixar o líder da oposição Leopoldo López votar, apesar deste estar preso