Apenas pessoas com prescrição médica poderão fazer os testes nos dois centros que vão funcionar em Lisboa