Manifestantes pró-democracia bloquearam esta terça-feira estradas na capital do Sudão com barricadas improvisadas e pneus queimados, um dia depois de os militares terem tomado o poder num golpe militar inesperado, amplamente condenado pela comunidade internacional. O Conselho de Segurança das Nações Unidas deverá discutir hoje a situação no país, numa reunião à porta fechada.