Participantes numa marcha convocada por um grupo de cidadãos e apoiada pela Frente Unitária Antifascista para "demonstrar que o Alentejo não está com a violência, nem com o revanchismo", organizada após o anúncio da "marcha antirracismo" marcada pelo Chega para a cidade