Delegados sindicais de vários Estados-membros desencadearam um protesto pacífico em Bruxelas, alegando que as atuais regras contemplam poucos incentivos para os trabalhadores