A figura do fadista Carlos do Carmo, que morreu no início do ano, vai ficar eternizada na freguesia de Alvalade, em Lisboa, através de um mural pintado pelo artista urbano Mário Belém.