"Petit Ben" ou até "l'enfant terible" do PS francês, aos 49 anos, Benoît Hamon derrotou o ex-primeiro-ministro Manuel Valls na segunda volta das primárias. Tornou-se assim o candidato dos socialistas franceses às presidenciais. Já apelou à unidade da esquerda em torno da sua candidatura, dirigindo-se em especial ao candidato dos Verdes e ao independente Jean-Luc Melenchon.