O Papa Francisco rezou hoje pelas "vítimas da guerra" contra o Estado Islâmico no Iraque, mostrando que “o terrorismo nunca tem a última palavra”.