O Papa Francisco celebrou este sábado em Bagdade a sua primeira missa pública no Iraque perante uma assembleia escassa devido à pandemia de covid-19, com cerca de 180 fiéis e onde esteve o Presidente iraquiano. Com esta missa papal sem precedentes no Iraque, celebrada na Igreja de São José, no centro de Bagdade, o chefe da igreja católica celebrou a sua primeira missa de rito oriental que foi falada em árabe, em aramaico, curdo e turcomano, bem como o italiano.