Depois das manifestações em memória do ator Bruno Candé, assassinado em Moscavide há uma semana, o partido de André Ventura organizou um protesto para assegurar que não há racismo em Portugal