Diogo Freitas do Amaral, fundador do CDS, foi este sábado a enterrar no cemitério da Guia, em Cascais, com honras militares, depois de uma missa no Mosteiro dos Jerónimos