O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, à chegada para assistir à missa em homenagem às vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande, no Convento da Senhora do Carmo, em Figueiró dos Vinhos. O violento incêndio que deflagrou ao início da tarde de 17 de junho de 2017, há precisamente três anos, no concelho de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, provocou a morte a 66 pessoas, no mais mortífero fogo registado em Portugal