Anúncio junta-se à situação de Pequim e de outras 20 cidades que se encontram em alerta laranja – o segundo mais elevado – pelo mesmo problema