Foram descobertos dois corpos com quase dois mil anos na antiga cidade romana de Pompeia, em Itália. Os dois homens que morreram na sequência de a erupção do vulcão Vesúvio que dizimou a região. O Ministério da Cultura Italiano acredita que os restos mortais, excecionalmente bem preservados, pertenciam a um homem de uma classe social elevada, com idade entre os 30 e os 40 anos, que ainda tinha traços de uma capa de lã sob o pescoço. O outro, provavelmente com idade entre os 18 e os 23 anos, estava vestido com uma túnica, o que poderá indicar que se tratava de um escravo.