A proprietária de um canil ilegal em S. Paio, no concelho de Gouveia, foi acusada pelo Ministério Público da prática de 23 crimes de maus-tratos a animais de companhia. Agora, a mulher mantém mais de 100 animais nas mesmas condições noutro canil com o mesmo nome, desta vez na localidade de Moimenta da Serra, também em Gouveia. Com exceção dos dois, três dias semanais em que uma voluntária se deslocava às instalações, os cães seriam "condenados a largos períodos de fome e sede", estando alguns confinados a "gaiolas de um metro quadrado", que deveriam ser usadas apenas para transporte ", alguns deles feridos e doentes. Populares chegaram mesmo a invadir o espaço várias vezes para ajudar os animais com bens necessários.